domingo, setembro 16, 2018

FNAC


Sempre desejei que a FNAC viesse para Aveiro. E agora vem. Ainda bem. Que abra rápido. 

Mais um anúncio com o patrocínio do costume

A capa do Diário de Aveiro do passado dia 2 de agosto anuncia que foram aprovadas obras para a Estrada de São Bernardo. Aprovadas! E cá temos mais um anúncio da nossa Câmara! Apontem a data - 2 de agosto - e contabilizem o tempo que vai demorar para vermos as obras. Se é que as vamos ver. Mas pronto, o DA embarca nisto.


sábado, setembro 15, 2018

Passadiços da RIa

Os Passadiços da Ria foram, sem dúvida, uma das melhores «coisas» que surgiu em Aveiro nos últimos anos. O potencial da Ria é, de facto, incrível e ultrapassa em muito aquilo que é apenas o Canal de S. Roque e o Canal Central.
Fui, como não podia deixar de ser, fazer o percurso pelos passadiços. Primeira nota: a infra-estrutura de madeira, construída à entrada do percurso, em Mataduços, já apresenta, lamentavelmente, sinais de vandalismo. Como é possível esta canalha, que é de cá, não gostar nem preservar aquilo que é nosso mas que também é deles? Depois, perguntar para que serve aquela infra-estrutura? Para nada. Pelo menos, para já, «aquilo» está vazio e não tem utilidade alguma. Há coisas que não se compreendem.

Só estrangeiros no São Gonçalinho!


O ridículo chegou ao «meu» São Gonçalinho!
«Street Arts Fest"!! Sim, porque não podia ser «Festival de Artes de Rua! Não podia porque a «coisa» vai ter muitos estrangeiros que não sabem português!



terça-feira, setembro 04, 2018

Se o ridículo matasse...

Qual é o estrangeiro que visita Aveiro e que vai propositadamente ao Centro Comercial Glicinias? Quantas pessoas, que não falam português, lá vão diariamente? 
A ver pelo «fun, food, fashion» devem ser muitos! 
Que tristeza! Que ridículo! Quantos clientes lá vão e não sabem o significado destas três palavras? Esses sim, devem ser milhares...

terça-feira, agosto 28, 2018

Ultrapassados


Andei dez anos a ouvir falar do projeto da piscina olimpíca do Rio do Novo Príncipe...este fim de semana tivemos «só» o Campeonato do Mundo de canoagem em Montemor-o-Velho. Uma coisa são os projetos, os anúncios, outra é fazer mesmo. Ultrapassados!

Vale tudo (I)

Em Aveiro, o civismo é praticamente nulo. Sim, nem tudo o que está mal na cidade tem a ver com a responsabilidade da Câmara.
Veja-se esta imagem. Um imbecil, dono de um Audi TT, estaciona o carro bem no meio do cruzamento da Rua do Sr. dos Aflitos! E pronto, dá para tudo. Polícia? Estão nas rotundas a ver passar o trânsito e a mandar parar um ou outro carrito.


domingo, agosto 19, 2018

Só se for do ano que vem!

«Nova variante de Cacia deve abrir ao trânsito em Agosto», página 4 do Diário de Aveiro de 28 de junho de 2018

Sem comentários.

É de rir!


A Bertrand não fechou em Aveiro, apenas saiu do Forum e instalou-se nas antigas instalações da Galeria Municipal, ali bem perto, na Rua Direita. Pois bem: aqueles que andam sempre a criticar o facto da Praça Marquês de Pombal e Rua Direita não terem «vida», devem ter sido aqueles que lançaram uma petição pela...defesa do centro da cidade! O que eu me ri com isto! Repito: defesa do centro da cidade!

A sério, esta gente tem noção do ridículo em que caem? A Rua Direita fica a dois quilómetros do centro? O «centro» é o Forum e as Pontes? Tomáramos nós que muitas mais «bertrands» abrissem na Rua Direita! Tomáramos nós...


sexta-feira, agosto 17, 2018

A Peixinho e a Rua Direita


Será que a renovação da Confeitaria Peixinho justifica que o número de carros estacionados e a circular (!) na Rua Direita tenha aumentado significativamente? Que vergonha! Falta de civismo mas também impotência total de uma Câmara em evitar aquilo que tem que ser evitado na cidade. E policia? Não há! Ou melhor, estão nas rotundas a ver o trânsito passar e a mandar um ou outro carrito...

Por falar em Rua Direita...vejam bem esta foto e apreciem a beleza da calçada portuguesa e da excelência do trabalho de reabilitação urbana que foi feita em tempos passados! É linda esta rua!


quarta-feira, agosto 15, 2018

Investimentos


A Leroy Merlin abriu, nas instalações da antiga Makro, em Aveiro. Ao todo, 150 postos de trabalho. Excelente. Mas atenção, abriu a Leroy Merlin e fechou a Aki no Aveiro Retail Park...não podemos apenas noticiar investimentos!

Ainda assim, e porque falamos de investimentos, saúdo a vinda da Fnac para Aveiro. Sou fã. Há muito que desejava ter a Fnac em Aveiro.


Avenidas sem passeios

Começou mal e continua mal.
As avenidas que ligam a Rotunda da Policlínica à Estação da CP e à Forca continuam, escandalosamente, sem passeios. O responsável por assim terem sido feitas não foi, obviamente, Riau Esteves, mas há quantos anos estão assim? E vão continuar assim? Quase todos os dias ali passo e são muitas as pessoas que circulam a pé. O risco é elevado. E se acontecer um acidente? Vão lembrar-se depois dos passeios? Até quando? Só em Aveiro...