terça-feira, maio 21, 2013

Que Cultura para Aveiro?




Criticas, troca de ideias e um espaço «porreiro» como é o Biscoito, em Aveiro. Por tudo isto, gostei de participar, na passada sexta-feira, num debate, organizado pelo Bloco de Esquerda e que teve como objectivo debater ideias sobre aquilo que se pretende para a componente cultural em Aveiro.
A Cultura não pode ser desprezada por questões meramente financeiras como, normalmente, acontece quando a «direita» é poder. A Cultura em Aveiro tem que passar pela rentabilização dos seus vários espaços. O Teatro de Aveiro não pode ser privatizado e tem que ser MESMO a principal sala cultural da cidade. Mas não a única. Temos o Teatro Aveirense mas não podemos ter um Centro de Congressos onde só muito esporadicamente é que lá acontece alguma coisa.
É responsabilidade, e dever, de uma Autarquia apoiar as suas associações culturais, por isso, o que foi feito recentemente com o Cine Clube de Aveiro, independentemente dos erros que possam ter sido cometidos, é verdadeiramente vergonhoso. A Câmara de Aveiro não pode esquecer o Ceta e a Efémero, por exemplo.
Mas há muito para fazer em Aveiro relativamente à cultura. Cidade e Universidade de Aveiro têm estar cada vez mais próximas. Há que tentar fazer regressar o Sons em Transito. Há o Centro Cultural de Esgueira que está completamente esquecido. Há que apoiar espaços como o Mercado Negro ou o Biscoito, por exemplo.
Mas a cultura não pode ser sinónimo de elites. A cultura é o povo e o povo gosta do que é popular. Por isso, uma politica cultural para Aveiro não pode esquecer as suas gentes, as suas tradições, as suas associações mais velhinhas (a Banda Amizade, por exemplo) e as suas festas mais genuínas, como por exemplo, o «nosso» São Gonçalinho.
Aveiro tem que demarcar-se da ideia que gastar dinheiro na Cultura é simplesmente gastar dinheiro. Não é. Investir na Cultura é defender a população, é ir ao encontro do bem estar das pessoas. Não será essa uma das responsabilidade de quem governa uma Autarquia?

6 comentários:

Anónimo disse...

-"Finalmente" vão os moliceiros
começar a navegar (ou a acelerar) inteiros, ou seja com as proas no sítio!
-"Finalmente" foi terminada a intervenção nas pontes (indecente cagada), obstáculo para os interesses instalados, e "a culpa foi e continua a ser de Alberto Souto"!
-Vamos ver, quando a ria estiver cheia em pleno, se os moliceiros conseguem passar com as proas erguidas, para grande ORGULHO??? dos grandes lideres da coligação!
-A GUERRA PELO PODER continua entre PSD/CDS assim como,
internamente, no CDS, agravada agora, misturado que está o desporto com "politiquice":
Ribau Esteves (futebol) e Élio Maia (andebol)!
Afinal nós, os cidadãos, passámos a ser as "bolas"!

ASSIM SENDO:
QUEM VÊ O SEU POVO VÊ O MUNDO TODO!
OS INTERESSES FALAM MAIS ALTO!
QUE SE LIXE O POVO!...........

Anónimo disse...

Há oferta de qualidade em Aveiro, mas os interlocutores precisam de se articular melhor e criair sinergias.

Por outroa lado é preciso que se continue a assegurar a diversidade que é indispensável neste meio.


Defesa Civil de Aveiro disse...

http://defesacivilaveiropara.blogspot.com.br/

Anónimo disse...

Parabéns ao anónimo das 3:46 PM pela profundidade de raciocínio.

Bastava retirar-se o termo "Aveiro" e, sim senhora, aplicar-se-ia o raciocínio a qualquer parte do mundo e arredores.

Faz lembrar aqueles discursos políticos cheios de palavras caras mas que não dizem nada...

Anónimo disse...

Há oferta de qualidade em Aveiro, mas quem manda na cultura nesta cidade tem de organizar programas culturais olhando ao que acontece em Ilhavo, Albergaria, Estarreja e Agueda para não haver sobreposições.

É preciso que a cultura não seja só para elites e que todos possam ver espetáculos e iniciativas de diferente natureza.

Aceitam-se ideias diferentes e obviamente profundas, que não estas claro.

Anónimo disse...

"um Centro de Congressos onde só muito esporadicamente é que lá acontece alguma coisa"?!?!
Está mesmo a falar do CCCA? Peço desculpa, mas está totalmente enganado. É que todas (ou quase todas) as semanas o CCCA está ocupado ao fds e em vários dias durante a semana como ainda agora aconteceu com centenas de crianças a assistirem a uma peça de teatro e a atividades do Aveiro Empreendedor. E sim o Centro de Congressos tem... congressos! E quando os tem, não pode ter outras atividades. Obrigado.