terça-feira, julho 11, 2017

Apresentação «xoxa»


Não tenho dúvidas que Ribau Esteves vai ganhar de novo as eleições em Aveiro, mas a apresentação da sua recandidatura foi decepcionante em termos de adesão popular. Coisa «xoxa», nossa senhora!





8 comentários:

Anónimo disse...

Só teve o que merece!
QUEM SEMLRE DESPREZOU TODOS OS AVEIRENSES
E TUDO O QUE É MAIS CARO A AVEIRO,
SÓ MERECE O MAIOR DOS DESPREZOS!
HAJA JUSTIÇA! E QUANTO ANTES!

Anónimo disse...

Festival dos Canais: "São os aveirenses que estão a pagar a festa" - João Sousa, PS

"Os munícipes aveirenses a quem agora lhe é proporcionado um programa cultural diversificado, de elevada qualidade e inteiramente gratuito, são os mesmos que, mesmo antes da aprovação do Programa de Ajustamento Municipal (PAM), já estavam a pagar taxas e impostos a níveis incomportáveis, e que com a aprovação do Plano o vão continuar a fazer por muitos anos"

Aveirenses esses que estão há anos a pagar o fardo da gestão danosa de alberto souto, que multiplicou por muito o valor de divida que herdou no municipio aveirense. Deixou a câmara com dividas tão significativas que a cidade está há anos congelada, a pagar o que deve e assim vai continuar a pagar por mais alguns anos.
Quanto ao festival, gostava de saber a opinião do João Sousa em relação ao Agitágueda, um evento com mais qualidade que o nosso mas igualmente gratuito.

É por causa desta demagogia e falta de capacidade dos nossos políticos que a cidade está como está. O PS em Aveiro mais do que fraco, é reles.

Anónimo disse...

O que não anda nada "xoxo" é o ritmo de esbanjamento da gestão do dinheiro público em Aveiro, o tal que nos foi sacado à força toda para estourar agora, dia sim, dia sim, em todo o oportunismo pessoal da campanha eleitoral do sr Ribau Esteves!!!

Anónimo disse...

Para justificar a sua inacção o snr presidente José Agostinho arroga-se o direito de permanente e obsessivamente criticar a "enorme" dívida deixada em 2005.
Seria melhor ler o DA de 11/07/2017, pág 10, onde o ex-Vereador Domingos Cerqueira explica, ponto por ponto, o que foi feito no mandato do Dr. Girão Pereira e especialmente no do Dr. Alberto Souto.
Se os Canais e o Parque da Fonte Nova não existissem jamais o snr presidente José Agostinho poderia "oferecer" o Festival dos Canais e outros eventos, nem sequer podia usufruir de um gabinete para uma bonita paisagem, afinal toda a obra deixada sempre serve para alguma coisa!
Fica-lhe mal, muito mal essa postura de arrogância com tudo e com todos, como já o conhecemos não estranhamos, mas não entranhamos!...

Anónimo disse...

Ele é xoxo em tudo, menos na aceleração a que desperdiça o dinheiro dos aveirenses...
Essa é que é a VERDADE!

Anónimo disse...

Um mandato xoxíssimo, cínico e prepotente só merece uma resposta igual!
Vamos a outro, que este já deu o que tinha a dar, que foi... N A D A !

Anónimo disse...

Fardo da gestão danosa de Alberto Souto:

Entre 1997 e 2005 Aveiro viu nascer a BUGA, assassinada entretanto, os canais urbanos da Ria foram todos reabilitados para gáudio de quem nos visita e pode passear de Moliceiro neles e orgulho dos Aveirenses.
Foram feitos os túneis da Sé, rebaixamento de via na rotunda do Eucalipto, elevação de via na entrada de S. Bernardo, total reabilitação do Canal de S. Roque e construção das pontes, taxa de saneamento deixada em 98%, parque de feiras, mercado Manuel Firmino, Praça do Peixe, etc., etc., etc., etc.

Aveiro não "investiu" em forguetório, foram sim investimentos que ainda bem que foram feitos.

Em 2005 o melhor Presidente de Câmara que Aveiro já teve perdeu para um PDC que o sucedeu, muito fraquinho, não soube lidar pagar a dívida, empurrou com a barriga escudando-se com o famoso fardo da dívida. Foi corrido por quem lhe afagava as costas, pois sabiam que se fosse ele o seu candidato iria perder as eleições.

Foram buscar um messias que precisava disto para ter trabalho, pois é político profissional e ninguém o aguenta em lado nenhum.

Veio com a promessa que faria tudo e mais alguma coisa, empurrou a solução que sempre defendeu que mais não foi do que trocar dívida velha (que a sua coligação não teve nem arte nem engenho para pagar em 12 anos) por dívida nova com a contrapartida de colocar os impostos e taxas no máximo permitido por lei, e só agora para que o eleitor não tivesse memória curta.

Em 2013 prometeu que em 10 meses após a vitória iria tapar todos os buracos, anda só agora a tapá-los pela caça ao voto.

O PSD/CDS quer o poder pelo poder, projecto para Aveiro não há, tudo se centra numa divindade que dia 1/10/17 vai ter uma surpresa que o vai deixar desesperado, já anda a colher o que plantou ao longo deste mandato, já ninguém o suporta e não é só em Lisboa, também cá.

Passo seguinte, Portucel?
Só é pena que não poderá discursar, distribuir mimos de 4 em 4 anos e há poucos flash's.

JARE = Game Over

Anónimo disse...

A Verdade nua e crua, que constará para a História, é que, na praça do Município, esteve muito mais Gente para homenagear, no dia do seu funeral, um eis Presidente - o Dr. J. Girão Pereira - do que para incentivar e apoiar a apresentação da recandidatura de um pretenso vivo presidente!...
Tirem-se as correspondentes ilações!