quarta-feira, julho 11, 2018

A destruição do Rossio não pode avançar!

Não. Não quero acreditar que Ribau Esteves não volte atrás e que mantenha a intenção de destruir o Rossio. A reação dos aveirense foi extraordinária, deixando bem claro que o Rossio tem que ser verde e sem parque de estacionamento! Não quero acreditar! Ou estaremos na presença de alguém que se julga dono da razão sempre e sempre e sempre?



A mim, o que me choca é nada fazer-se, por exemplo, para acabar com os arrumadores do Rossio e surgirem estes projetos megalómanos! A mim o que me envergonha é ver a cidade de Aveiro com espaços de relva por cortar há meses e depois ter que gramar com intenções destas? A mim, o que me chateia é ver uma Rua João Mendonça (canal central) com um passeio de meio metro para os milhares de turistas que ali passam e depois ter que ouvir um presidente da câmara defender o que nao tem defesa possível?

Mas repito: estou crente que isto de transformarem o Rossio em não sei o quê, não vai avançar. E mesmo que o senhor presidente da Câmara «mantenha a sua», acredito que os aveirense não vão deixar.

Senhor Ribau, há tanta coisa para cuidar em Aveiro, deixe lá ideias estupidas e sem sentido algum! Olhe, acabe, por exemplo de pintar o tracejado da Avenida Doutor Lourenço Peixinho e anuncie obras de qualificação de mais uma série de ruas de Aveiro! E tenha juizo.

PS: Já agora, porque é que o arquiteto que seria o responsável pela «obra do Rossio» é o mesmo que «ganhou o concurso» de outras obras ilhavenses? 

5 comentários:

Anónimo disse...

Contra tudo e contra todos, excepto alguns com quem está de "corpo" inteiro!
Engane-se quem pensa que o senhor de quem se fala (muito mal) dá o braço a torcer fácilmente, vai lutar pelo que idealiza até ao fim.
As suas "garras" vão contra as pessoas e não a favor delas, doa a quem doer. Atempadamente, não chegaram a Aveiro os historiais da Gafanha e de Ílhavo!...
Agora é tarde!...



Anónimo disse...

é preciso referendar esta situação do Rossio. É uma bandalheira

Anónimo disse...

Tornou-se mais que evidente que o Sr. Esteves está por cá para cuidar dos seus próprios interesses e dos seus. Ele nunca gostou de Aveiro. Sempre rebaixou e humilhou Aveiro. É um destruidor de Aveiro e das suas gentes. Vejam só a fortuna que vai gastar no festival dos canais em 5 dias: cerca de meio milhão de euros (500.000,00 €). Um bom gestor que gostasse das pessoas da terra jamais desbaratava assim o dinheiro quando tem uma enorme divida para pagar (empréstimo do FAM). Chamar cultura a grande parte das palhaçadas para a qual pagou uma fortuna para o festival dos canais é um atentado terrorista à própria cultura! Quanto ao Rossio é mais uma manobra de teimosia para servir interesses ocultos, mas do seu interesse. A coincidência do mesmo gabinete de projecto é apenas e tão só um cheirinho de todo o pantanal lodoso.
Não será a altura de passar a chamar-lhe pelo nome sem o "s": Sr. Esteve (em Aveiro). Quando pudermos chamar-lhe sr. "Esteve", garante-se que haverá muita alegria das pessoas, porque gente desta é como o cão que não conhece o dono.

Anónimo disse...

Até os PSDs são contra só que têm receio de represálias.

Anónimo disse...

Quando eles começarem a cavar o buraco para o parque de estacionamento é pôr lá umas bombas e resolver o problemas de vez. Vai Rossio, vão canais, vai tudo com os porcos.